Conheça como funciona a Educação Superior no Brasil

Existem 3 tipos de ensino superior: universidades (públicas ou privadas), escolas privadas e centros de educação tecnológica (CET). A educação superior incluiu 12.000 cursos atualmente fornecidos para 6 milhões de estudantes, 4.5 milhões em universidades privadas e 1.5 milhões em universidades públicas.

No Brasil, existe um enorme paradoxo no sentido de que diz respeito ao acesso ao ensino superior. Alunos de classes sociais abastadas, fora das escolas secundárias privadas, ocupam principalmente as bancadas das universidades públicas. Universidades cujas propinas são gratuitas, um exame de admissão extremamente difícil e um nome de lugar limitado!

A consequência do celexa é que os emissores de classes sociais desfavorecidas, fora das escolas secundárias públicas, têm apenas a possibilidade de continuar seus estudos nas empresas privadas, onde as taxas de inscrição são muito altas.

Universidades no Brasil

Todas as universidades estão longe de ter o mesmo nível. Uma universidade de cada universidade existe em um grande número de departamentos. Para voltar para a universidade, você deve se candidatar a um diploma de bacharel. Este é o único diploma francês reconhecido! Para equivalência de diplomas, será necessário ver os casos contatados.

Universidades no Brasil

Ele e o Brasil cerca de 176 universidades e mais de 700 outras instituições de ensino superior. Essas universidades, assim como suas universidades privadas, dependem, no entanto, de um alto grau de autonomia administrativa e de seus estudos (sistema federal).

Na raison d’être da universidade, é possível saber mais sobre os setores de ensino superior (especialmente no público 331 365 lugares contra 1 346 723 no setor privado), as faculdades e universidades do Brasil tanto pública quanto privada, uma entrada muito seletiva chamada “vestibular”.

Saiba mais sobre este exame

A organização de diplomas no Brasil. O primeiro ciclo universitário no Brasil corresponde ao ciclo “Pós-Graduado”, e permite entrar no mundo do ensino superior através de cursos mais ou menos curtos. O grau de bacharel corresponde ao primeiro ano do primeiro ciclo de estudos universitários e o primeiro ciclo do mestrado e pós-graduação, bem como o grau de bacharel em especialização em um curso de graduação.

Universidades no Brasil

Mercado de trabalho que permite novos estudos. Os diplomas universitários no Brasil do tipo “Bacharel” ou “Bacharel” voltados ao campo de mestrado em artes, ciências sociais, ciências humanas, economia, ciências naturais…

O segundo e terceiro ciclos universitários no Brasil são representados pelo ciclo “Graduação”, que significa literalmente “Pós-Graduação”. Esses cursos são, portanto, acessíveis após a obtenção de um diploma universitário na França, no Brasil ou em qualquer outro país reconhecido. Ele e tem:

  • Mestre 2 a 4 anos após a licença. Equivalente a um treinamento do tipo Master com possibilidade de se especializar em cursos;
  • Doutourado: 4 a 6 anos após a obtenção do Mestrado. Equivalente de Ph.D. Ele vai ouvir as poses de pesquisa e ensino.

Para acessar estudos, é obviamente essencial dominar a língua oficial, na aparência, em português. Para ter uma visão geral de todas as universidades públicas brasileiras e conhecer os programas, os procedimentos de registro e as condições de recepção.

Note que 5 universidades são particularmente listadas no Brasil: Unicamp em Campinas, USP (Poly) em São Paulo, PUC no Rio de Janeiro, UFRS em Porto Alegre, UFCE em Fortaleza. A USP e a Unicamp são as maiores universidades do mundo no campo de engenharia da computação (telecomunicações, eletrônica, hardware, software) e computação e ciência da computação na Engenharia Industrial e Mecânica da USP. Eles também estão entre as melhores universidades da América do Sul.

Centros de Educação Tecnológica (CET)

Como na França, encontramos no Brasil escolas ou institutos com vocação profissionalizante. Estes institutos são principalmente especializados no campo das tecnologias, no entanto, eles permanecem muito variados. Na verdade, eles ensinam em vários setores, como a economia, novas tecnologias (novos processos, produtos e serviços)…

Você estará no coração dessas instituições seguir uma educação profissional continuada. Ao contrário das universidades, essas instituições são características de um nível “médio” e têm pouco interesse para um estudante francês.

Conheça como funciona a Educação Superior no Brasil
Avalie este artigo!